Fundo Comunitário – Marcha da Vida Universitária

Organizada desde 2009 pelo Fundo Comunitário, a Marcha da Vida é um programa educacional para jovens da comunidade judaica, na faixa de 20 a 35 anos. Mais de 600 jovens já participaram desta experiência transformadora.

Resultados e Práticas:

O projeto tem início meses antes da viagem com um ciclo preparatório, que inclui atividades integrativas, aulas de histórias, cine-debate e palestras, inclusive com sobreviventes da Shoá (Holocausto).

Na viagem são apresentadas a história das comunidades judaicas pré 2ª Guerra Mundial, na Polônia e em Berlim, visitando os diversos cenários da Shoá, entre eles campos de concentração e extermínio, incluindo o percurso entre Auschwitz e Birkenau, que era feito a pé pelos prisioneiros.

Depois os participantes vão conhecer a realidade do Estado de Israel, através de visitas a projetos sociais, culturais e históricos; testemunhando como a tragédia foi superada: uma verdadeira celebração à vida.

Essa vivência propicia aos jovens uma conexão com o passado e presente numa linguagem contemporânea, fortalece os laços dos jovens com a história judaica e reaviva sentimentos e valores de humanidade, de indignação e tolerância.

Ao mesmo tempo, estimula o envolvimento ativo na comunidade, ajuda na formação de novas amizades e tem o compromisso de garantir que o ocorrido jamais seja esquecido.

A Marcha da Vida É um programa que possibilita viagem de jovens universitários para estudo em campos de concentração e Israel, para conhecimento da história de seus antepassados.

Resultados e Práticas:

 

A edição de 2017 do Projeto teve a participação de 33 jovens de diversas comunidades como São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte, Manaus, Brasília, Rio de Janeiro e Curitiba.

A preparação educacional ocorreu em 7 encontros desde o mês de março e foi composta por atividades dinâmicas e aulas sobre a temática da Shoá / Holocausto.